terça-feira, 29 de maio de 2018

Restaurante Popular recebe avaliação positiva de usuários




Em pesquisa recente, o Restaurante Popular Alice da Silva Prates recebeu avaliação positiva dos usuários. Resultado divulgado pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) mostra que 70% das pessoas que avaliaram atribuíram nota 10 aos serviços oferecidos.
Foram feitas avaliações com 90 usuários. As opções “muito satisfeito” e “satisfeito” receberam, respectivamente, 46 e 43 votos. Ninguém elegeu a opção “insatisfeito”. Os usuários também avaliaram de 0 a 10 os serviços prestados. 70% dos entrevistados escolheram a nota máxima: 10. 16% deram nota 8 e 8% das pessoas deram nota 9 para os serviços oferecidos. Foram avaliados qualidade da comida, variação do cardápio, tempo de atendimento e qualidade do atendimento.
Em Araçatuba, o Restaurante Popular existe desde março de 2006. Em 2011, o local foi fechado para reforma e ampliação. Localizado na Avenida dos Araçás, 1200, o programa foi reinaugurado pela Prefeitura de Araçatuba em 2014. O local serve atualmente 200 refeições por dia, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 11h às 13h30. Atualmente, o preço cobrado é de R$ 2 para quem é beneficiário de programas sociais e R$ 5 para os demais. Além disso, há pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social, como moradores de rua, que não pagam pela refeição. Todo o custo de R$ 40 mil por mês é coberto pela Prefeitura.
Apesar de oferecer alimentação balanceada e de qualidade, o Restaurante Popular será substituído pelo Programa Bom Prato, do Governo do Estado de São Paulo. O Bom Prato, em Araçatuba, funcionará através de parceria entre o Governo do Estado de São Paulo, a prefeitura e a organização da sociedade civil AELESAB (Programas de Integração e Assistência Social à Criança e Adolescente). Previsto para ser inaugurado no próximo mês, o Bom Prato de Araçatuba servirá diariamente 1.500 refeições: 1.200 almoços por R$ 1 e 300 cafés da manhã por R$ 0,50.

SUSPENSÃO TEMPORÁRIA
Para o funcionamento de acordo com os padrões do Estado, serão feitas adequações no local. De acordo com a secretária municipal de Assistência Social e Participação Cidadã, Maria Cristina Domingues, algumas ações já estão sendo feitas, como pintura externa. “Serão feitos reparos no forro e no telhado e, para que não haja desconforto aos usuários, as atividades do Restaurante serão interrompidas por aproximadamente 15 dias”. Estão na lista de adequações a colocação de estufas frias e quentes, adequação do caixa, forno e suqueira, todos a serem comprados pelo Governo do Estado de São Paulo.
Com funcionamento de segunda a sexta-feira, o café da manhã será servido das 7h às 9h. O almoço será servido a partir de 10h30 até o término da cota diária. Crianças até seis anos de idade não pagarão pelas refeições. O almoço terá alimentação balanceada de 1.200 calorias. No café da manhã, os usuários têm à disposição leite com café, achocolatado ou iogurte, pão com margarina, requeijão ou frios e uma fruta da estação.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Novos representantes do Conselho dos Direitos da Mulher são empossados





A Prefeitura Municipal de Araçatuba deu posse aos novos membros do Comdima (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher). O evento ocorreu nesta terça-feira (17), no auditório do Paço Municipal, com a presença do prefeito Dilador Borges; as secretárias municipais de Cultura e de Turismo, Tieza Lemos Marques, e de Participação Cidadã, Maria Cristina Domingues; a coordenadora dos assuntos da mulher da Secretaria Municipal de Participação Cidadã, Antonia Heloisa Mesquita; e o assessor executivo da SMPC, Josué Galdino.
A nomeação ocorre conforme o decreto nº 19.965 de 6 de abril de 2018, nos termos da lei municipal nº 7.715 de 27 de agosto de 2015. O conselho é formado por representantes dos poderes executivo e legislativo municipal, associações, sindicatos e representantes de segmentos sociais. O exercício da função de conselheiro é de interesse público relevante e não é remunerado.
Dilador ressaltou a importância dos conselhos de forma geral, e detalhou os papeis executados pelo Comdima. “Hoje na administração temos 34 conselhos, sendo 29 ativos, que prestam seu trabalho a contribuir com a sociedade. Muito mais importante do que reconhecimento financeiro é a dedicação que vocês têm, principalmente no Comdima, que trata da vida da mulher. Tenho a fé de que este será um dos nossos conselhos mais ativos e produtivos. Temos muito que cuidar no que toca aos direitos, à segurança, à participação e ao empreendedorismo da mulher em nossa cidade”.
Maria Cristina explicou as dificuldades enfrentadas pelos conselhos, especialmente aos relacionados à SMAS e SMPC. “Espero que cada dia mais possamos fazer acontecer políticas para atender todas as necessidades. Temos diversos conselhos com um orçamento pequeno, mas buscamos acondicionar um mínimo para atendimento aos conselhos. Agradeço a vocês que colocam os seus nomes a serviço do município, sabendo inclusive que não recebem salário ou qualquer bonificação. Fica aqui nosso agradecimento”.
A eleição para a escolha do presidente, vice-presidente e primeiro secretário ocorrerá na primeira reunião ordinária do conselho.

Prefeito e vice visitam instalações do Centro Pop





O prefeito Dilador Borges e a vice-prefeita Edna Flor visitaram, nesta terça-feira (17), as instalações do Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua), programa vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Araçatuba.
A visita foi guiada pelo coordenador do Centro Pop, Christian Capobianco, e pela secretária municipal de Assistência Social (SMAS) e Participação Cidadã (SMPC), Maria Cristina Domingues. Eles visitaram todas as salas e conversaram com os atendidos, que no momento participavam de uma roda de conversa com as monitoras, que transmitem as regras de convívio do programa, normas de convivência e palestras sobre saúde bucal, saúde do homem, da mulher, a importância da higiene pessoal, e assuntos que julguem pertinentes ou aparecer como demanda.
Considerado um equipamento de Proteção Social Especial de Média Complexidade, o Centro Pop atende diariamente cerca de 45 pessoas. São realizados atendimentos individuais e coletivos, oficinas e atividades de convívio e socialização, além de ações que incentivam o protagonismo e a participação social das pessoas em situação de rua.
Além disso, são prestados serviços como atendimento técnico com assistentes sociais e psicólogos, encaminhamentos para a rede socioassistencial e as outras políticas públicas, benefícios como café da manhã, almoço, kit de higiene, cobertores, acesso à lavanderia, concessão de passagens rodoviárias, guarda de pertences, higiene e asseio pessoal, oficinas de terapia ocupacional, oficinas de laboraterapia, e o serviço de Abordagem Social.
A unidade também funciona como ponto de apoio para pessoas que moram nas ruas, ofertando o acesso a espaços de guarda de pertences, de higiene pessoal, de alimentação, auxílio para acesso a documentação, e também, pode ser usado o endereço do programa como referência do usuário.
Junto ao Centro Pop, funciona o Abrigo Institucional, local com funcionamento 24h disponível para o pernoite dos usuários com capacidade para 25 pessoas e um casal. Ao lado, há um terreno que foi revitalizado para o funcionamento de uma horta, que é cultivada pelos próprios usuários. No local também há um pequeno canil com animais dos usuários, que são monitorados frequentemente por veterinários do Centro de Controle de Zoonoses.
O Centro Pop funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na rua Junqueira Freire, 327, no bairro Paraíso.
















segunda-feira, 9 de abril de 2018

Bairro Antonio Pagan recebe a 4ª Audiência Pública Popular



A Emeb Profª Maria Adelaide Camargo Cardoso sediou, nesta quinta-feira (5), a 4ª Audiência Pública Popular (APP), no bairro Antonio Pagan. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Participação Cidadã (SMPC) de Araçatuba.
Durante a audiência foram apresentadas pela administração municipal as prioridades de investimentos em obras e serviços nessa região. As demandas e sugestões da população são acrescentadas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece metas e prioridades da administração pública, e à Lei Orçamentária Anual (LOA), que detalha a aplicação dos recursos do município em obras e ações para o exercício seguinte.
A comunidade pôde elencar quais são as áreas que mais necessitam atenção do poder público. Na noite da APP, apenas três moradores manifestaram-se, solicitando reparos em asfalto e provisão de melhorias de infraestrutura. Mesmo com a reduzida presença, os secretários municipais prestaram esclarecimentos e atualizações das realizações da perfeitura, bem como as solicitações e reclamações foram acolhidas e registradas, para posterior encaminhamento a setores competentes da administração municipal.


PROGRAMAÇÃO
12 ABRIL das 19h às 21h – Petit Trianon
LOCAL: EMEB Roseli de Oliveira
Rua: Elza Almeida Lemos nº 780
19 ABRIL das 19h às 21h- Bairro TV
LOCAL: EMEB Lauro Bitencourt
Rua: Emilia Santos nº 352
26 ABRIL das 19h às 21h- Bairro Planalto
LOCAL: EMEB Carmélia Mello Fonseca
Rua: Guatemala nº 740
03 MAIO das 19h às 21h– Jd São José
LOCAL: EMEB José Machado Neto
Rua: Otávio Coelho nº 185
10 MAIO das 19h às 21h – Morada dos Nobres
LOCAL: EMEB: Hélia Pinholi Mungo
Rua: Dr. Pontes de Miranda nº 170
20 MAIO das 09h às 11h – Bairro Água Limpa
LOCAL: EMEB Fernando Gomes de Castro
Na Estrada da Água Limpa

Servidores municipais recebem curso do TCESP





À convite da Secretaria Municipal de Assistência Social de Araçatuba (SMAS), nesta quinta-feira (5), mais de 300 pessoas participaram da formação sobre terceiro setor. Do município de Araçatuba foram 143 servidores, representantes de conselhos municipais e de entidades sociais. O tema abordado foi ‘Repasses Públicos ao Terceiro Setor’, oferecido pela Escola Paulista de Contas Públicas Washington Luís (EPCP) do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP).
Além dos servidores da Prefeitura de Araçatuba, estiveram presentes também pessoas de vários municípios da região e de outras regiões do Estado e um participante do estado de Minas Gerais.
A formação ocorreu no auditório do Centro Universitário Toledo (Unitoledo), tendo com público-alvo dirigentes, gestores e servidores de órgãos públicos, concessores, bem como dirigentes e representantes de organizações da sociedade civil, com participações de diversos municípios do estado de São Paulo.

O curso foi aplicado pelo diretor técnico de divisão do TCE/SP, Maurides Tedeschi, e o agente da fiscalização financeira, Georgeney Basso do Carmo. Também participaram da mesa diretora a vice-prefeita Edna Flor; o diretor técnico da Unidade Regional de Araçatuba (UR-01), Valdir Martino; e a secretária municipal de Assistência Social e Participação Cidadã, Maria Cristina Domingues.
A vice-prefeita Edna Flor destacou a importância da atuação Tribunal de Contas do Estado em relação à administração pública. “Agradecemos a grande colaboração do TCE, uma instituição que vai além de sua missão e que se coloca a serviço para que o poder público possa exercer com eficiência suas atribuições. Tenho certeza de que com conhecimento, boa fé e a vontade de obedecer aos princípios fundamentais da administração pública é possível realizar um trabalho de parcerias qualificadas”.
A secretária municipal de Assistência Social e Participação Cidadã, Maria Cristina Domingues, fez a introdução do encontro, e explicou a importância do curso. “Essa formação vem ao encontro de nossas necessidades, principalmente porque temos entidades parceiras e que recebem verbas federal, estadual ou municipal. Com o advento da lei 13019/14, que embora não seja nova, muitas são as obrigações impostas para o poder público para o novo formato de repasse e parceria”.
“Muitos municípios tem que se valer dessas parcerias com o terceiro setor, principalmente nas pastas que muito demandam atendimentos, como é o caso da Assistência Social, Saúde e Educação. Entendemos que a administração municipal necessita desse curso, diretamente com o Tribunal”; finalizou a secretária.





Crianças do Programa Lobato visitam engarrafadora




Mais de 100 meninos referenciados no Programa Lobato (Sítio da Criança) participaram de uma visita à engarrafadora de água mineral AcquaVita, próximo a Guararapes. As visitas aconteceram na quinta (5) e sexta-feira (6).
Acompanhadas pelos monitores de educação ambiental da Secretaria Municipal de Meio ambiente e Sustentabilidade (SMMAS), as crianças conheceram todo o processo da linha de envasamento dos produtos comercializados pela empresa.
?Segundo a? coordenadora do Programa Lobato, Alinne Rodeghero, as atividades extracurriculares são oportunidades de integração das crianças. “Além de envolver educação e abrangência de conhecimento, essas visitas são boas fontes de lazer e socialização”.