quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Prefeitura e universidades lançam projetos de revitalização de praças


Vanessa Canata
 
Projetos foram apresentados nesta quarta-feira (21).

A Prefeitura de Araçatuba promoveu, em parceria com universidades do município, uma reunião para a apresentação de propostas de revitalização de praças da cidade. Participaram da solenidade o prefeito Cido Sério, os secretários municipais Marta Dourado (Assistência Social), Ederson Silva (Planejamento Urbano e Habitação) e Tadami Kawata (Assuntos Jurídicos), além de representantes da Unip, Unitoledo e Arapark, responsáveis pela elaboração dos projetos.
Duas das quatro propostas foram apresentadas, visando reformas e reestruturação das praças São Joaquim e Dr. Jaime de Oliveira, situada ao lado da Santa Casa. As ideias expostas em ambos trabalhos procuram trazer elementos contemporâneos para esses locais, respeitando a arquitetura antiga e modelagens da época em que foram construídas, além de promover mudanças de paisagismo e adequação às necessidades da população que vive próxima às praças.
O prefeito Cido Sério destacou a necessidade de compromisso da população com as praças da cidade, e enfatizou a preocupação com as frequentes depredações nas praças públicas. “A cidade é de cada cidadão que mora nela. Por isso, precisamos da ajuda de toda a população a zelar pelo bem público.”
A secretária de Assistência Social, Marta Dourado, disse que a  “Queremos revitalizar as praças e renovar o interesse da população em frequentar esses locais”. A secretária disse ainda que o Centro Pop (Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua) vai colaborar na recuperação das praças, com o intuito de integração dos moradores de rua na sociedade.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Unidade móvel do Programa Bolsa Família presta atendimento no Atende Fácil

Vanessa Canata

Entre os dias 19 e 22 de setembro, a unidade móvel do Bolsa Família prestará atendimento itinerante na Rua Oscar Rodrigues Alves, 295, referente à comemoração de aniversário do Atende Fácil, celebrado dia 21/09. A ação é promovida pela Prefeitura Municipal de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). Na sexta-feira, dia 23, o atendimento será no bairro Primavera, conforme programação abaixo.


O Programa Bolsa Família possui o serviço Bolsa Móvel desde 2014, que atende semanalmente às demandas em locais de difícil acesso e leva o atendimento à população de forma eficaz. A unidade móvel é totalmente adaptada para encaminhar serviços prestados pelo Programa Bolsa Família e pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

De acordo com o coordenador do Programa Bolsa Família, Rodrigo Radighieri, uma vez por semana a unidade móvel atende em um setor da cidade, com equipe da Secretaria Municipal de Saúde. Além de atualização de cadastro, a ação assegura que todos os beneficiados no Programa Bolsa Família de Araçatuba atualizem o Atendimento de Enfermagem (AE), para pesagem e medida.

Um dos princípios mais básicos do Bolsa Família é o compromisso que as famílias assumem de acompanhar o cartão de vacinação, crescimento e desenvolvimento de crianças menores de sete anos. Mulheres de 14 a 44 anos e crianças nessa faixa etária devem ir à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima ou à unidade móvel. Gestantes ou nutrizes (lactantes) precisam fazer o pré-natal e ter o mesmo controle, em relação à saúde do bebê. A iniciativa pretende verificar os indicadores de saúde de cada usuário. Os beneficiados que não fizerem a atualização poderão ter o benefício suspenso.


CRONOGRAMA DO SERVIÇO BOLSA VOLANTE EM SETEMBRO
09/09 – Bairro Universo, das 8h às 12h e das 14h às 17h
Área Verde esquina com a rua Sud Menucci/Gastão Vidigal
16/09 – Bairro Primavera, das 8h às 12h e das 14h às 17h
Rua São Carlos esq. c/ Rua Santo André (Campo de Futebol)

19 a 22/09 – Atende Fácil, das 8h30 às 16h30
Rua Oscar Rodrigues Alves, 295, centro

23/09 – Bairro Planalto, das 8h às 12h e das 14h às 17h
Rua Bolívia esq. c/ Rua Francisco Cardassi (Praça da Paróquia São Paulo)

30/09 - Bairro Hilda Mandarino, das 8h às 12h e das 14h às 17h
Rua Vicente de Carvalho esq. c/ Travessa Ermindo Antonio (Praça da caixa d'água)

BOLSA FAMÍLIA EM ARAÇATUBA
Criado na cidade em 2004, Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. Ele integra o Plano Brasil sem Miséria, do Governo Federal, e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos.

Com sede na rua Do Fico, 745, no bairro Santana, atende cerca de 20.300 famílias, com expediente das 8h às 16h30. Para participar é preciso se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que é o portal de entrada para todos os programas sociais, incluindo Minha Casa Minha Vida. 


Assistência Social expõe serviços no Atende Fácil

 Vanessa Canata


A Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), deu início, nesta terça-feira (20), às atividades de exposição e divulgação de seus serviços no Atende Fácil. A ação é referente às comemorações da semana de aniversário da central de atendimento, recentemente nomeado "Roque Soares da Silva".

Até a próxima sexta-feira (30), estarão presentes representantes dos seguintes equipamentos da secretaria: Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), CRM (Centro de Referência da Mulher), Cras (Centro de Referência de Assistência Social), Centro Pop (Centro de Referência Especializado de Atendimento à Pessoas em Situação de Rua) e Conselho Tutelar. Na oportunidade, cada equipamento irá apresentar os direcionamentos de seus serviços, bem como fazer a divulgação de locais e endereços dos atendimentos.

O Bolsa Família está representado pelo Bolsa Volante, unidade móvel que presta atendimento itinerante em frente ao Atende Fácil até quinta-feira. Estão sendo feitas regularização de cadastro, atualizações de informações de dados já existentes e inclusões no programa através do Cadastro Único, porta de entrada para diversos programas sociais da Secretaria.


O público também poderá prestigiar uma exposição de artesanatos feitos por atendidos dos Cras e Centro Pop. Os trabalhos foram feitos durante as aulas de artesanato, oferecidas gratuitamente pelos programas. Os trabalhos estarão expostos até sexta-feira.





segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Dirigentes da Assistência Social recebem treinamento

Vanessa Canata

A Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), promoveu nesta sexta-feira (16), uma palestra para discutir a vigência da lei federal 13.019/2014, que diz respeito à regulamentação de parcerias entre a administração pública e organizações da sociedade civil.
Ministrada pelo consultor Vanderley Neris Santiago, a ação foi promovida com o objetivo de orientar os dirigentes dos departamentos a lidar com as exigências do Tribunal de Contas. Participaram do encontro a gestora da Assistência Social, Marta Dourado, diretores dos departamentos de Gestão, Proteção Social Básica e Proteção Social Especial.
A secretária Marta Dourado expôs o valor de capacitações como essa. “É importante que sejam transmitidas essas orientações aos nossos dirigentes, a fim de tornar cada vez mais eficientes e completos os relatórios enviados aos órgãos públicos que são produzidos pela nossa secretaria”.
Autor do livro “A lei 13.019/14 comentada: Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil”, Vanderley falou sobre a importância de todos os funcionários para o êxito no trabalho em conjunto. “No âmbito da Assistência Social vocês são os representantes da gestão atual. Dessa forma, os relatórios de prestação de contas, por exemplo, devem conter informações esclarecedoras e detalhadas de cada despesa”.
A LEI
A Lei 13.019/2014 estabelece normas gerais para regular parcerias voluntárias firmadas pela administração pública com organizações da sociedade civil. É esta Lei que define como deverá ser a relação jurídica do governo com as popularmente conhecidas ONGs (organizações não-governamentais), especialmente em casos envolvendo transferências de recursos para a execução de projetos de interesse público. No caso da Secretaria Municipal de Assistência Social, a lei se aplica às entidades socioassistenciais conveniadas à pasta no ano de 2016.


quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Idosos do Cras Etemp participam de curso de minijardim

Vanessa Canata

A Prefeitura de Araçatuba, em parceria com o Sesi (Serviço Social da Indústria) de Araçatuba, está oferecendo curso de minijardim. A atividade, que teve início nesta quarta-feira (14), é voltada exclusivamente ao público idoso e está sendo desenvolvida no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro Etemp.

A ação tem como objetivo principal apresentar, na prática, métodos de plantio e montagem dos vegetais, já que as plantas estão em escala reduzida.



 
 A coordenadora do Cras Etemp, Luciana Reis, destaca a importância do curso. "Os idosos precisam de atividades manuais para desenvolver as habilidades cognitivas e de coordenação. O curso de minijardim se encaixa perfeitamente nas necessidades desse público, além de trazer momento de distração a eles".

A atividade faz parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, frente de trabalho do Cras de caráter preventivo realizado em grupos, de modo a atingir objetivos progressivos nos seus usuários.



CRAS
Criado no município em 2009, o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro Etemp desenvolve diversas ações para a comunidade com a finalidade de promover autonomia, autossuficiência e auxiliar na geração de renda, principalmente das mulheres que vivem em situação de vulnerabilidade e risco social.
Ele tem, como princípios norteadores, garantir aos usuários as seguintes aquisições: segurança de acolhida, segurança de convívio familiar e comunitário e segurança de desenvolvimento da autonomia.
Localizado na rua Pedro Viola, 184, a unidade também possui um ponto de apoio no bairro Rosele, que fica localizado na rua Noel Rosa, 238. Atualmente, mais de 4 mil famílias são atendidas nas duas unidades do Cras Etemp, que funcionam das 8h às 17h.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Ação Jovem promove discussão sobre mercado de trabalho


Vanessa Canata
A Prefeitura Municipal de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) e do Programa Ação Jovem, promoveu, na tarde desta segunda (12), uma atividade de discussão sobre o mercado de trabalho e seus desafios. A ação faz parte do eixo Trabalho e Empreendedorismo, um dos nichos de atividades trabalhados com os adolescentes.
Por meio das orientações, os jovens puderam elaborar um currículo específico para pessoas que buscam o primeiro emprego. A atividade orientou os estudantes a se portar durante uma entrevista de emprego. Ao final, todos os currículos foram avaliados pelos próprios alunos, a fim de escolher o melhor, que garantiria uma vaga hipotética de emprego.
O coordenador do Ação Jovem, Abel Andrade diz que as orientações para a busca do primeiro emprego é uma das missões do Programa. “Nós concentramos nossos esforços na preparação e orientação dos adolescentes na elaboração de currículos e como se portar durante uma entrevista de emprego, entre outros temas pertinentes ao assunto”, argumenta.
Ao final da atividade, os adolescentes tiveram uma oficina de capoeira com o Mestre Senzala. O exercício apresenta aos jovens melhora do equilíbrio, coordenação motora e qualidade de vida, além de promover a união e o dinamismo dos participantes.
AÇÃO JOVEM
Implantado no Município em 2005, o Programa Ação Jovem estimula a conclusão da escolaridade básica, possibilitando aos beneficiários continuar o aprendizado para o desenvolvimento pessoal, inserção no mercado de trabalho e para fomentar a preparação visando o efetivo exercício da cidadania. Mantido pela Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com o Governo Estadual, o programa oferece atividades socioeducativas e uma bolsa-auxílio de R$ 80,00.
Localizado na avenida dos Araçás, s/n (antiga estação ferroviária), no centro da cidade, atende atualmente 150 jovens, com idades entre 15 e 24 anos, cuja renda familiar é de até meio salário mínimo por pessoa. O funcionamento é das 8h às 17h. Para participar, interessados devem estar matriculados e frequentando o Ensino Fundamental, Médio ou a Educação de Jovens e Adultos (EJA).