sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Alunos do Secoi visitam zoológico de Bauru com enfoque em sustentabilidade‏

Texto: Camila Graziela
A Prefeitura de Araçatuba proporcionou um dia de muita diversão e conhecimento para alunos do Serviço de Convivência Infantojuvenil (Secoi), por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social. Eles foram ao zoológico municipal de Bauru, na quinta-feira (26). 


Ao todo, 70 meninos e meninas com idades entre seis e 15 anos participaram do passeio, acompanhados por monitores. Segundo a coordenadora do programa, Anézia Gabas, o destino escolhido está relacionado ao encerramento do eixo sustentabilidade, trabalhado ao longo do ano. “Além de proporcionar momentos de lazer, recreação, socialização e integração fora do equipamento, o passeio possibilitou a eles conferir a importância da sustentabilidade”. 

O Parque Zoológico Municipal de Bauru possui 880 animais de 227 espécies diferentes, entre aves, répteis, peixes e mamíferos. Dentre as atrações estão pinguinário, aquário, casa dos répteis, camelídeos, lobo guará, grandes e pequenos felinos, casa de pássaros, aves gigantes, primatas brasileiros e africanos. Inaugurado em 24 de agosto de 1980, tem como principais objetivos auxiliar na conservação das espécies, promover pesquisas e trabalhos de educação ambiental, e oferecer lazer à população.



SECOI 
O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil criado pelo Governo Federal há 18 anos e implantado no município em 2001 deu lugar ao Serviço de Convivência Infantojuvenil. Em vez de combater o trabalho infantil, o equipamento atua na prevenção, ofertando atendimento psicossocial, oficinas culturais, artísticas, artesanais e socioeducativas para crianças e adolescentes na faixa etária de seis a 15 anos, em situação de vulnerabilidade, além de ações que fortaleçam a permanência na escola. Atualmente, a unidade atende 85 crianças e adolescentes, na rua Florêncio de Abreu, 932, no bairro Alvorada.
------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

Creas encerra projeto de conscientização sobre violência‏

Texto e foto: Camila Graziela

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Araçatuba encerrou agenda de encenações teatrais incluídas em projeto de conscientização sobre violência para pais e responsáveis por alunos de escolas municipais. A peça de encerramento foi ‘O Segredo de Léo’, para alunos do Projeto Guri, diferente da produção ‘Ser Humano: Ser Amor ou Violência?’, encenada anteriormente, com linguagem para público adulto. Ambas abordam diversas formas de violência.


Iniciado no segundo semestre deste ano, o projeto foi apresentado em 17 escolas, levando informação acerca do tema para aproximadamente duas mil pessoas. Segundo o coordenador do Creas, Edson Neves Terra Júnior, o resultado foi bastante positivo, tendo em vista a apropriação das pessoas sobre o tema.
Ele destacou ainda o engajamento das escolas municipais no projeto. "Entendo que conseguimos despertar o diálogo com a sociedade sobre o tema, que ainda é um tabu. Além de ter sido um espaço de informação, foi também um espaço de denúncia". A iniciativa foi da Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). O encerramento aconteceu na quarta-feira (25). 

AS PEÇAS 
As produções são da companhia Atos e Atitudes, de Birigui. ‘Ser Humano: Ser Amor ou Violência?’ é encenada em dois atos. No primeiro, a abordagem é sobre violência doméstica e os prejuízos que acarreta para toda a família, além dos malefícios que pode gerar na vida dos filhos, quando crescem. No segundo ato, o tema é o abuso infantil. Uma menina de apenas nove anos é abusada e violentada até à morte, pelo próprio tio. 
‘O Segredo de Léo’ narra história de um garoto que se isola em seu quarto. Diante da atitude, os pais dele contratam um investigador para descobrir o motivo de tal comportamento. O investigador ganha a confiança do menino, e por meio de muito diálogo descobre que Léo foi abusado por um vizinho.

CREAS 
Criado em Araçatuba no ano de 2009, Creas é direcionado para o atendimento de pessoas vítimas de qualquer tipo de violência. O objetivo é fazer com que superem o trauma e interrompam o ciclo da violência, por meio de atendimentos psicossocial e jurídico. Atualmente, a unidade atende mais de 400 pessoas, e funciona das 8h às 17h30. 
Localizada na avenida dos Estados, 553, no jardim Sumaré, a unidade possui três frentes de trabalho: Serviço de Enfrentamento à Violência Contra o Indivíduo e sua Família (portadores de necessidades especiais vítimas de violência), Serviço de Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes e Serviço de Medida Socioeducativa (adolescentes que cometem atos infracionais).
------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Novos membros do Conselho Deliberativo do Fundo Social de Solidariedade iniciam mandato‏

Texto: Camila Graziela
Os novos membros do Conselho Deliberativo do Fundo Social de Solidariedade tomaram posse na terça-feira (24), no auditório da Prefeitura de Araçatuba. A função dos conselheiros é considerada de interesse público relevante, não sendo remunerada. O mandato é para o biênio 2015/2017. 

A secretária municipal de Assistência Social, Marta Dourado, que representou o prefeito Cido Sério, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Renata Massano, compareceram à solenidade. Foram nomeados nove integrantes: quatro do poder público e cinco representantes de associações. 
Marta Dourado elencou os programas vinculados à Secretaria de Assistência Social, destacando os serviços prestados. “Assistência Social hoje possui equipamentos que funcionam. É verdade que ainda há muito a fazer, porém, muito já avançamos também. Estamos trabalhando cada vez mais para diversificar as capacitações profissionais, para fazer com que aqueles que foram excluídos ao longo da história possam ter o mínimo de dignidade e autonomia, para reescreverem suas histórias”.

O poder público está assim representado: Fundo Social de Solidariedade, com a atual presidente, Renata Massano e Jorge Henrique Grenge Cinti; Secretaria Municipal da Fazenda, com Carlos Roberto Ferreira Pessoa; e Secretaria Municipal de Assistência Social, com Solange Borges Ribeiro. 
Em nome das associações foram empossados os seguintes membros: Marli Ivonice Rosária Vieira Canova, da Paróquia São Sebastião; Lenice de Freitas Oliveira Santos, da Igreja Ágape; Cintia da Silva Carreira, da Associação Beneficente Batista João Arlindo; Mário Martins da Silva Júnior, da Associação Jesse de Araçatuba e Cristiane Braga de Lucena.

Renata Massano, Carlos Roberto Pessoa e Solange Ribeiro foram eleitos, respectivamente, presidente, tesoureiro e secretária do conselho. Levantar as necessidades sociais do município, angariar recursos financeiros e humanos para as ações e estimular o surgimento de iniciativas na comunidade são algumas das funções do órgão.


------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

Cras no bairro Umuarama promove festa de confraternização para usuários do Paif‏

Texto e foto: Camila Graziela


O Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Umuarama, promoveu na terça-feira (24) uma festa de confraternização para beneficiados no Programa de Acompanhamento Integral à Família (Paif). Cerca de 180 pessoas participaram do evento. 

Integrantes das aulas de ginástica funcional e de hidroginástica oferecidas gratuitamente fizeram duas apresentações. A primeira foi uma valsa, intitulada ‘Superação’, devido aos três alunos terem superado doenças graves, como acidente vascular cerebral (AVC) e câncer de próstata. Em seguida, alunas da ginástica funcional e step deram um show de animação durante apresentação coreografada especialmente para a ocasião. 

Após as apresentações, Sérgio Ramos, de 61 anos, que participou da valsa, fez questão de falar da importância do Cras na vida dele e da esposa. “Graças ao Cras, o nosso estilo de vida é outro. Estamos bastante animados para enfrentar as dificuldades que surgirem”. 
A educadora física Alessandra Marques explicou que os três alunos – casal Sérgio e Maria Isaldete e Claudemir Aparecido da Silva – chegaram à unidade há um ano, e com dificuldades de locomoção devido às sequelas das doenças que os acometeram. Ela comentou, com entusiasmo, sobre a significativa melhora, depois que passaram a frequentar as aulas de ginástica funcional e hidroginástica. “O senhor Claudemir, por exemplo, chegou a ficar três meses acamado por conta de dois AVCs. Chegaram a dizer que ele não andaria mais. Vê-lo andando e sem bengala é muito gratificante”.

Uma mesa com frutas foi preparada em alusão à ceia de Natal. Também foi servido um farto lanche. Ao final, todos receberam de presente um kit com produtos de higiene pessoal. Houve ainda sorteio de brindes. As festividades continuam na quarta-feira (25), para integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). O Centro de Referência de Assistência Social é mantido pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br


----------------------------------------------------------------------- 

terça-feira, 24 de novembro de 2015

CRM promove semana de prevenção contra violência doméstica‏

Texto: Camila Graziela

Em referência ao Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, na quarta-feira (25), o Centro de Referência da Mulher (CRM) iniciou na segunda-feira (23) a Semana de Prevenção contra Violência Doméstica. Com objetivo de levar à reflexão e conscientização, o evento ocorreu nas unidades básicas de saúde dos bairros São José e Engenheiro Taveira, e na Central Atende Fácil. A iniciativa é da Prefeitura de Araçatuba por meio das secretarias municipais de Assistência Social e de Saúde (Núcleo de Atendimento à Saúde da Família - Nasf).


Segundo a coordenadora do CRM, Sandra Costa, a ação visa divulgar o equipamento e os serviços prestados, abordando tipos de violência contra a mulher: física, psicológica, moral, patrimonial e sexual. “Além de mobilizar a população sobre o tema, nosso objetivo é mostrar que em Araçatuba mulheres vítimas de violência possuem um serviço especializado, para ampará-las e conscientizá-las a denunciar, com respaldo necessário por meio do CRM”. 

VIOLÊNCIA 
Conforme dados de cartilha do CRM, a violência contra a mulher é uma realidade mundial, em todas as culturas e em todos os lugares. “Não escolhe raça, idade, classe social, religião e não respeita qualquer condição, atingindo toda família. Além de uma violação dos direitos das mulheres, é também uma questão de saúde pública, porque em suas mais variadas formas machuca as vítimas tanto física quanto psicologicamente”. 

A data de 25 de novembro de 1960 ficou conhecida mundialmente por conta de um dos maiores atos de violência contra mulheres. As irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como ‘Las Mariposas’, que lutavam por soluções sociais na República Dominicana, foram perseguidas e diversas vezes presas, até serem brutalmente assassinadas. Em 25 de novembro de 1999, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu a data como Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher. 
CRM 
O Centro de Referência da Mulher (CRM) Josymary Aparecida Carranza foi criado em Araçatuba, no ano de 2010, com o objetivo de acolher mulheres vítimas de violência e contribuir para que elas conquistem a autossuficiência e resgatem a autoestima. Localizado na rua Chiquita Fernandes, 615, no jardim Bandeiras, possui capacidade de atendimento variada, com atendimento das 8 às 17 horas. Atualmente, 58 mulheres são acompanhadas. 
Entre os serviços ofertados estão acolhimento, atendimento socioassistencial, atendimento psicológico e orientação jurídica. Ainda há oficinas de reflexão e encaminhamentos para outros programas da Rede de Proteção Social, além de visitas domiciliares, palestras de divulgação e contatos interinstitucionais. 
PROGRAMAÇÃO 
Dia 24
9h45 - Aula de zumba - Discoteca São Vicente
13h - Hiperdia - UBS no bairro rural Engenheiro Taveira
15h - Fisioterapia preventiva - Igreja no bairro Paraíso

Dia 25
8h - Grupo de caminhada – Cras no bairro São José
8h - Atende Fácil (Conselho da Mulher)
15h - Equipe 50 - UBS no bairro Planalto

Dia 26
8h - UBS no bairro rural Jacutinga
8h - Hiperdia - Colégio Dom Bosco
14h - Hiperdia - Equipe 13
15h - Fisioterapia preventiva - Igreja Luterana, no bairro Planalto

Dia 27
7h - Grupo de caminhada - Igreja no bairro Paraíso
9h - Grupo Caminhos do Viver - Quadra Rafael Manarelli
14h30 - Equipe 50 - UBS no bairro São José
------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Creas promove oficina de exercícios teatrais para adolescentes que cumprem medida socioeducativa‏


Texto e foto: Camila Graziela

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Araçatuba promoveu na quinta-feira (19) oficina de exercícios teatrais para adolescentes que cumprem medida socioeducativa, ministrada pelo ator e psicólogo Geraldo Rodrigues. Ele já atuou em diversos filmes, entre eles ‘Linha de Passe’, dirigido por Valter Sales e Daniela Thomas. 
Rodrigues explica que trabalhou exercícios de improviso e atenção, muito usados em teatro de improviso, como stand up. “A ideia é fazer com que eles percebam e respondam, por meio dos exercícios, a estímulos e desafios que possam estar enfrentando, além de fazer com que entendam melhor o ambiente onde estão inseridos. A interação dos meninos foi satisfatória”. 
Segundo o psicólogo responsável pelo grupo, Ederson Ribeiro Costa, a ideia da oficina com o ator e psicólogo foi transmitir para os atendidos “algo que fosse próximo da realidade deles. O filme mostra a trajetória de três meninos que fizeram escolhas e as consequências que elas trouxeram para a vida de cada um. Por meio disso, transmitir a eles que existem inúmeros caminhos para seguir, e que qualquer tipo de infração não compensa”. 
CREAS 
Criado em Araçatuba no ano de 2009, Creas é direcionado para o atendimento de pessoas vítimas de qualquer tipo de violência. O objetivo é fazer com que superem o trauma e interrompam o ciclo da violência, por meio de atendimentos psicossocial e jurídico. Atualmente, a unidade atende mais de 400 pessoas, e funciona das 8h às 17h30. 
Localizada na avenida dos Estados, 553, no jardim Sumaré, a unidade possui três frentes de trabalho: Serviço de Enfrentamento à Violência Contra o Indivíduo e sua Família (portadores de necessidades especiais vítimas de violência), Serviço de Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes e Serviço de Medida Socioeducativa (adolescentes que cometem atos infracionais).


------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Alunas da FEA desenvolvem projeto de inclusão digital para idosos; dois ganham computadores‏

Texto e foto: Camila Graziela
Dois idosos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no centro da cidade, foram presenteados com computadores, na terça-feira (17). A ação integra projeto piloto desenvolvido por duas alunas do 8.º termo do curso de psicologia da Fundação Educacional Araçatuba (FEA).
Geisa Moterani e Iracema Berchiol da Silva explicam que a ideia de trabalhar com idosos na unidade do Cras surgiu a partir da disciplina de processos educativos. “Pensamos fazer algo diferente, que não trabalhasse em escola especificamente, mas que fosse algo voltado para o social. Então, fizemos um estágio de observação na unidade e, a partir disso, desenvolvemos um projeto de inclusão digital para os idosos”.

Com o projeto, eles passaram a ter aulas de informática uma vez por semana, no laboratório da FEA. Ao todo, 13 participaram do curso, que teve início no mês de março com duração de seis meses. Geisa Moterani diz que ficou sabendo que a instituição municipal de ensino superior disponibiliza, para doação, materiais e equipamentos usados substituídos por novos. 
“Fomos atrás e conseguimos essas duas máquinas. Decidimos doar para dois idosos que concluíram o curso e que ainda não tinham computador em casa. Com isso, eles poderão praticar tudo o que aprenderam. Além de estarem inseridos no mundo digital”, frisou a futura psicóloga.

“Sou imensamente grata por tudo que o Cras faz por nós. E a essas meninas, que se dedicaram com esse projeto. Graças a isso faço parte do mundo digital. Eu sempre tive vontade de aprender, mas faltava gente com disposição para ensinar. Quando eu soube dessa oportunidade agarrei com as duas mãos”, afirmou Maria José Pereira de Lima, de 62 anos, contemplada com um computador. 

Segundo Luiz Pravato, 61, que ganhou o outro computador, “foi muito bom participar do curso; ajuda a gente a desenvolver a mente. Agora vou ter como praticar tudo que aprendi nas aulas”. A coordenadora do Cras, Márcia Viúdes, destacou que “ações como essa são sempre muito bem-vindas”.

------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Idosos usuários do Cras no bairro Umuarama têm dia especial em passeio de barco‏

Texto: Camila Graziela
A quarta-feira (11) foi especial para idosos que integram Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Umuarama. A bordo do barco Odisseia, eles navegaram pelas águas do rio Tietê, a partir de Buritama.


A ação faz parte de uma série de medidas que a Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) e de seus programas, tem adotado para promover a valorização e a melhoria da qualidade de vida dos idosos assistidos pelo Governo Municipal. Ao todo, 65 pessoas participaram do passeio. 
Após o café da manhã, servido na plataforma de embarque, o barco zarpou para alegria dos participantes, que foram instruídos sobre utilização correta do colete salva-vidas, em caso de emergência. Na sequência, a pista de dança foi aberta para diversão dos presentes, embalados por diversos ritmos.

Um dos principais atrativos do passeio é a travessia da eclusa da Hidrelétrica Nova Avanhandava (Buritama). A eclusa foi criada em 1992 para vencer o desnível provocado pela construção da usina. Segundo o DJ Rogério, marinheiro responsável pela animação do ambiente, a eclusa serve de elevador para as embarcações. Ela possui 12 metros de largura e 5,41 de cumprimento. Durante o processo, cerca de 32 milhões de litros de água são esvaziados por meio de dutos, ou seja, a água da parte alta é jogada para baixo fazendo com que a embarcação desça 18 metros.
Durante o passeio, que teve duração de cinco horas, foi servido um farto almoço. Segundo a coordenadora técnica Cristiane Barbi, o passeio vem ao encontro dos objetivos do programa: promover a interação social e o fortalecimento de vínculos na sociedade. “Esses passeios contribuem no processo do envelhecimento saudável, do desenvolvimento da autonomia e da sociabilidade. Além de valorizar, potencializar e estimular as experiências de nossos idosos”. 

Geni dos Santos Oliveira, de 72 anos, fez questão de falar sobre o que o equipamento representa na vida dela. “O Cras me proporciona momentos de lazer e aprendizado, além de fazer com que eu me sinta útil e importante a cada atividade de que participo”.

CRAS UMUARAMA 
Criada em 2006, a unidade do Cras no bairro Umuarama desenvolve diversas ações para a comunidade, promovendo a concretização dos direitos constitucionais e fortalecimentos de vínculos afetivos, relacionais e comunitários. Tem como principais ações o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças com até seis anos de idade, e Serviço de Proteção Social Básica no domicílio, para pessoas com deficiência e idosos. O equipamento fica na rua Célio Rodrigues de Araújo Cintra, 788, atende mensalmente cerca de 430 famílias e funciona das 8h às 17h.

------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Câncer de próstata é tema de palestra para idosos no Cras do centro da cidade‏

Texto e foto: Camila Graziela

Idosos que integram Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no centro da cidade, participaram na terça-feira (10) de palestra sobre câncer de próstata. A ação faz parte da campanha Novembro Azul, iniciativa da Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

Ministrada por Marilza Martin Leal, farmacêutica do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), a palestra abordou definição da doença, fatores de risco, prevenção e tratamento. A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga e envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. Dores lombares, problemas de ereção, dificuldade para urinar e sangue na urina são alguns sintomas. Porém, quando está no início, não aparenta sintomas e a progressão é lenta.

“Por isso, é de extrema importância, principalmente após os 50 anos, homens realizarem o exame uma vez por ano. Se a doença for descoberta no início, há 95% chance de cura”, explicou a palestrante. Marilza Leal destacou também que o câncer de próstata é a quarta causa de morte no Brasil, e que a taxa de mortalidade está aumentando nos últimos anos.
Luiz Pravato, de 61 anos, aprovou a iniciativa. “Achei boa a palestra, porque a gente fica ciente de que pode acontecer com qualquer um de nós, e incentiva a prevenção”. Olímpio Damasceno, 72, tem opinião semelhante. “Essas ações são importantes para a gente tirar dúvidas e nos conscientizarmos a cuidar da saúde. Eu faço exame de próstata todo ano”. 
CRAS CENTRAL 
Criada em 2012, a unidade do Cras no centro da cidade desenvolve diversas ações para a comunidade, promovendo a concretização dos direitos constitucionais e fortalecimentos de vínculos afetivos, relacionais e comunitários. Tem como principais ações o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (zero a seis anos de idade) e Serviço de Proteção Social Básica no domicílio, para pessoas com deficiência e idosos. Cerca de 360 famílias são atendidas mensalmente, na sede localizada na rua 15 de Novembro, 275, com atendimento das 8h às 17h.
------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br
----------------------------------------------------------------------- 

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Bolsa Família: unidade volante levará atendimento ao bairro Águas Claras no sábado‏

Texto: Camila Graziela

Para facilitar o acesso e levar atendimento aos bairros, Araçatuba possui o serviço Bolsa Volante do Programa Bolsa Família. A unidade móvel foi adaptada para prestar atendimentos diversos, principalmente em locais de difícil acesso. Neste sábado (7) estará no residencial Águas Claras, na zona norte, para atualização de cadastros coordenada por profissionais da Secretaria Municipal de Assistência Social. Equipe da Secretaria Municipal de Saúde também estará no local para fazer acompanhamento das famílias beneficiadas. 
Ao receber o benefício, as famílias assumem o compromisso de acompanhar o cartão de vacinação, crescimento e desenvolvimento de crianças menores de sete anos. As mulheres de 14 a 44 anos também devem fazer o acompanhamento. Gestantes ou nutrizes (lactantes) precisam fazer o pré-natal e ter o mesmo controle, em relação à saúde do bebê. A ação tem o intuito de verificar os indicadores de saúde de cada cliente. 
Segundo o coordenador Rodrigo Radighieri, dentre as 4387 famílias que precisam ser acompanhadas, 1638 ainda não fizeram a atualização do segundo semestre, que teve início em agosto. “Pedimos que essas famílias compareçam para regularização do AE (Atendimento de Enfermagem), para evitar suspensão do benefício. Portanto, mulheres de 14 a 44 anos e crianças com até sete anos de idade devem ir à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima ou à unidade móvel do Programa Bolsa Família, que estará no residencial Águas Claras”.
------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br
----------------------------------------------------------------------- 



Idosos têm dia de lazer e diversão em Hotel Fazenda em Cardoso‏

Texto: Camila Graziela

Foi num clima de muita expectativa que idosos integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Etemp, embarcaram na sexta-feira (6) para uma viagem especial. O destino foi hotel-fazenda na cidade de Cardoso, a 170 quilômetros de Araçatuba. 
Os 80 idosos tiveram a diversão garantida com caminhada, leite no curral, passeios de charrete, de trenzinho e a cavalo, brincadeiras na piscina e bingo. A ação foi promovida pela Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

A coordenadora técnica Luciana Reis explica que o passeio visa proporcionar momentos de lazer, além da promoção e valorização da qualidade de vida dos idosos. “Para muitos deles essa é a primeira viagem de suas vidas, a primeira vez que arrumaram uma mala”, comenta a profissional. Cada pessoa recebeu um par de chinelos, protetores solares e bermuda de banho especialmente para a viagem. 

O artigo 3.º da Lei 10.741/2003 (Estatuto do Idoso) predispõe que é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. 

CRAS ETEMP 
Criada no município em 2009, a unidade do Cras no bairro Etemp desenvolve diversas ações para a comunidade, promovendo a concretização dos direitos constitucionais e fortalecimentos de vínculos afetivos, relacionais e comunitários. Tem como principais ações o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de zero a seis anos de idade e Serviço de Proteção Social Básica no domicílio, para pessoas com deficiência e idosos. 

O equipamento está localizado na rua Pedro Viola, 184, no bairro Etemp, e possui um ponto de apoio no bairro Rosele, na rua Noel Rosa, 238. Cerca de 700 famílias são atendidas mensalmente nas duas unidades, que funcionam das 8h às 17h.