segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Programa Lobato proporciona a atendidos diversão no Sest/Senat‏

Texto: Camila Graziela
O Programa Lobato (Sítio da Criança) alterou a rotina de meninos atendidos, na sexta-feira (26) e quinta-feira (25). Eles foram levados ao clube da unidade do Sest/Senat (Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), onde se divertiram na piscina, quadra esportiva e com jogos, como pingue-pongue e pebolim. 

O monitor Eduardo Amaral explica que a ação integra o Projeto Regras de Convivência, criado em agosto do ano passado para promover ambiente de harmonia. “Os passeios fora do Sítio são como prêmio pelo bom comportamento dos meninos durante o mês. Depois que as regras foram implantadas, houve melhora significativa no comportamento deles”.


Entre os meninos estava Rafael, de oito anos, que não participou do passeio anterior por mau comportamento, e disse ter aprendido a lição. “Estou contente de estar aqui hoje. Agora, eu aprendi que tenho que me comportar e respeitar as regras do programa, para participar”.
Thiago, de dez anos, fez questão de relatar as experiências que já vivenciou desde que frequenta o Sítio, há três anos. “Eu acho muito legal e divertido participar do programa. Eu já participei de três peças de teatro, de campeonato de kung fu e fui a todos os passeios, porque sempre tive bom comportamento”. 

SÍTIO DA CRIANÇA 
Programa Lobato (Sítio da Criança) foi inaugurado em 1995 e oferece serviços socioassistenciais para crianças e adolescentes com idades entre seis e 15 anos, do sexo masculino. Localizado na rua Luiz Pinto Chaves, 430, no bairro Tanne Andraus, o funcionamento é das 7h30 às 17h. 
Atualmente, 168 meninos são beneficiados. A unidade tem como objetivos a constituição de espaço de convivência, formação para participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessas faixas etárias.

------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3636-1260
www.aracatuba.sp.gov.br
-----------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Gestantes assistidas recebem kit de enxoval‏

Texto: Camila Graziela

Mamães assistidas pela Prefeitura de Araçatuba receberam kit de enxoval, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social. A entrega ocorreu na quinta-feira (25), no auditório do Paço Municipal, com as presenças do prefeito Cido Sério; vice-prefeito Carlos Hernandes; secretária de Assistência Social Marta Dourado; e da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Renata Massano. O vereador Gilberto Batata representou o Legislativo.

O prefeito Cido Sério comentou a felicidade de participar deste momento, após ter passado por momento de apreensão devido ao estado de saúde dele. “Estou muito feliz de estar aqui com vocês. É sempre uma alegria recebê-las neste momento tão importante. As vidas que estão por vir podem fazer toda a diferença, por um mundo melhor amanhã”.

Marta Dourado destacou a luta da Administração Municipal para que todo cidadão tenha seus direitos garantidos. “Nós queremos formar cidadãos que consigam se desenvolver plenamente e que tenham perspectivas de futuro melhor”.


Renata Massano citou a dificuldade para adquirir o kit das 31 mamães, devido à atual situação financeira que assola todo o País. “Desde 2009, o prefeito Cido Sério exige que tudo seja feito com qualidade, e valoriza o humano, acima de tudo. Quando pensamos no enxoval, focamos no primeiro mês de vida da criança, além dos itens que irão suprir as necessidades das famílias por até um mês. Os kits contêm um componente especial: o nosso amor e dedicação para que vocês tenham uma vida melhor”.


Cada kit contém dois macacões, quatro body, três peças de mijão, três pares de meias, toalha de banho com capuz,  trocador de fralda, manta, cueiros, fraldas de pano, fraldas de boca, babadores, uma bolsa, sabonete, xampu, talco, lenços umedecidos, rolo de algodão, hastes flexíveis para limpeza de ouvido, mamadeira, kit de cortar unhas, escova de limpeza para mamadeira, escova de cabelo, fraldas descartáveis, porta-chupeta e saboneteira.

------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3636-1260
www.aracatuba.sp.gov.br
-----------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Beneficiados do Bolsa Família devem atualizar atendimento de enfermagem

Texto: Camila Graziela

Os beneficiários do programa Bolsa Família de Araçatuba devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para atualizarem o AE (Atendimento de Enfermagem) para pesagem e medida referente ao primeiro semestre de 2016. Ao receber o benefício, as famílias assumem o compromisso de acompanhar o cartão de vacinação, crescimento e desenvolvimento de crianças menores de sete anos. 

As mulheres de 14 a 44 anos também devem fazer o acompanhamento. Gestantes ou nutrizes (lactantes) precisam fazer o pré-natal e ter o mesmo controle, em relação à saúde do bebê. A ação tem o intuito de verificar os indicadores de saúde de cada cliente. Os beneficiados que não fizerem a atualização poderão ter o benefício suspenso. 
Para facilitar o acesso e levar atendimento à população, Araçatuba possui também, o serviço Bolsa Volante. Uma vez por semana a unidade móvel atende em um setor da cidade, com equipe também da Secretaria Municipal de Saúde. Além de atualização de cadastro, a ação assegura que todos os beneficiados no Programa Bolsa Família de Araçatuba atualizem o Atendimento de Enfermagem (AE), para pesagem e medida.

BOLSA FAMÍLIA EM ARAÇATUBA  
Criado na cidade em 2004, Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. Ele integra o Plano Brasil sem Miséria, do Governo Federal, e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos. 
Com sede na rua Do Fico, 745, no bairro Santana, atende quase 22.300 famílias, com expediente das 8 às 16h30. Para participar é preciso se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que é o portal de acesso para todos os programas sociais, incluindo Minha Casa Minha Vida.
------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3636-1260
www.aracatuba.sp.gov.br

-----------------------------------------------------------------------


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Programa Ação Jovem exibe filme para debater preconceito‏

Com o objetivo de refletir sobre preconceito, o Programa Ação Jovem de Araçatuba está exibindo o filme ‘Billy Elliot’. A iniciativa da Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social teve início na terça-feira (23), para grupos dos bairros Etemp e Umuarama. 

O coordenador Abel da Silva Andrade explica que a ação visa discutir questões de gênero, diversidade sexual e cultural. “De forma lúdica, debatemos sobre o tema para que se conscientizem da importância do respeito ao próximo, pois o objetivo do programa é orientar os jovens para o futuro”. A ação integra o eixo cidadania e educação. Ação Jovem atua em quatro frentes: trabalho e empreendedorismo, saúde, pluralidade cultural, lazer e cidadania.

O FILME 
Billy Elliot é um garoto de onze anos que mora numa pequena cidade no norte da Inglaterra, onde as minas representam o principal meio de sobrevivência. Obrigado pelo pai a treinar boxe, ele fica fascinado com a magia do balé, que conhece na mesma academia do treinamento de boxe. 
Incentivado pela professora de balé, que vê no garoto um talento nato para a dança, ele resolve pendurar as luvas de boxe e se dedicar de corpo e alma a essa arte. E terá de enfrentar a contrariedade do irmão e do pai, na nova atividade. 
AÇÃO JOVEM

Implantado no Município em 2005, o Programa Ação Jovem estimula a conclusão da escolaridade básica, possibilitando aos beneficiários continuar o aprendizado para o desenvolvimento pessoal, inserção no mercado de trabalho e para fomentar a preparação visando o efetivo exercício da cidadania. Mantido pela Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com o Governo Estadual, o programa oferece atividades socioeducativas e uma bolsa-auxílio de R$ 80,00.

Localizado na avenida dos Araçás, s/n (antiga estação ferroviária), no centro da cidade, atende atualmente 279 jovens, com idades entre 15 e 24 anos, cuja renda familiar é de até meio salário mínimo por pessoa. O funcionamento é das 8h às 17h. Para participar, interessados devem estar matriculados e frequentando o Ensino Fundamental, Médio ou a Educação de Jovens e Adultos (EJA).


-----------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br


----------------------------------------------------------------------- 

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Creas promove oficina de fotografia para adolescentes que cumprem medida socioeducativa

Texto e foto: Camila Graziela

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Araçatuba está oferecendo oficina de fotografia para adolescentes que cumprem medida socioeducativa. Ministradas pelo fotógrafo José Luiz Py, as aulas começaram na quinta-feira (18) com encerramento no dia 26, na sede da unidade.


Segundo o fotógrafo, serão repassadas noções básicas sobre fotografia profissional, programa de edição de imagens photoshop, manuseio de máquina fotográfica e enquadramento. O coordenador do Creas, Edson Neves Terra Júnior, explica que a iniciativa tem por objetivo contextualizar o meio onde cada adolescente vive.



“A ideia é trazer coisas inovadoras e, com isso, fazer com que eles sintam interesse por algo, para que possamos debater sobre as medidas socioeducativas de um jeito mais didático e lúdico”, explica o coordenador. Cada participante levará para casa uma câmera contendo filme de 27 poses. Eles terão um final de semana para registrar o cotidiano ou algo de destaque na comunidade.



Uma jovem de 16 anos, há dois meses na unidade em cumprimento de medida devido a furto, disse ter ficado muito feliz ao saber da oficina. “Eu gosto muito de fotografia. Quando soube deste curso logo me prontifiquei, e estou gostando muito. Nesse ano eu termino o terceiro colegial, e pretendo seguir carreira na área da fotografia”.


Na próxima segunda-feira (22) ocorrerá a devolução das câmeras fotográficas, para que as fotos sejam reveladas. Os participantes farão relatos sobre a experiência do final de semana. No dia 25 haverá apresentação das fotografias e reflexão sobre as imagens e depoimentos. No dia 26 será feita seleção para futura exposição. 
CREAS 
Inaugurado na cidade em 2009, Creas é direcionado ao atendimento de pessoas vítimas de qualquer tipo de violência. O objetivo é fazer com que elas superem o trauma e interrompam o ciclo da violência, por meio de atendimentos psicossocial e jurídico. Atualmente, a unidade atende mais de 400 pessoas, das 8h às 17h30. 
Localizado na avenida dos Estados, 553, no jardim Sumaré, Creas possui três frentes de trabalho: Serviço de Enfrentamento à Violência Contra o Indivíduo e sua Família (pessoas portadoras de necessidades especiais que sofrem violência), Serviço de Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes e Serviço de Medida Socioeducativa (adolescentes que cometem atos infracionais).

-----------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br


----------------------------------------------------------------------- 

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Prefeitura assina convênios com onze entidades socioassistenciais‏

Texto: Camila Graziela
A Prefeitura de Araçatuba oficializou convênios do Município e dos governos estadual e federal com onze entidades socioassistenciais da cidade, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). A cerimônia de assinatura aconteceu no gabinete do prefeito Cido Sério, na sexta-feira (5), com as presenças da secretária Marta Dourado (Assistência Social), de representantes das instituições e do presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (Comas), Albertino de Lima. O vereador Jaime José da Silva representou o Legislativo. 

Além dos serviços prestados pela Secretaria de Assistência Social, que abrangem as redes de proteção social básica e especial, constantemente são firmadas parcerias. A pasta atua como órgão gestor e é intermediária na busca de recursos nas esferas municipal, estadual e federal. No total serão repassados R$ 2.008.772,22 às entidades contempladas pelo Plano Municipal de Assistência Social. Juntas, elas atendem cerca de três mil pessoas.



O prefeito Cido Sério salientou a importância de firmar parcerias com as entidades locais. “O Estado sozinho não consegue atender todas as demandas da sociedade. Por isso, é muito importante estabelecer esses convênios. Para nós, é fundamental que vocês consigam manter suas estruturas, e continuem nos auxiliando”.



Marta Dourado destacou o pedido do prefeito no sentido de que não ocorra atraso no repasse dos recursos, para que nenhuma entidade fique sem dinheiro nesse início de ano. Ela ressaltou ainda que a Secretaria de Assistência Social dá total sustentação para que as instituições atuem de acordo com a Lei 13.019, que trata de prestação de contas online, conforme exigência do Tribunal de Contas do Estado (TCE). “Nós já estamos realizando as capacitações, para que elas possam se adequar. E, com isso, não haja problemas durante as prestações de contas”.
A presidente da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Cleia Dalva Souza Parreira, agradeceu pela parceria e disse que “o repasse desses recursos é de extrema importância para a manutenção dos serviços prestados pela entidade”.

CONVENIADAS

- Acrepom (Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reciclável de Araçatuba)

- Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais)

- Arca (Associação de Reinserção Social de Crianças e Adolescentes)

- Asilo São Vicente de Paulo

- Associação Beneficente Batista João Arlindo

- Casa Bom Samaritano Manolo Garcia

- Lar da Velhice e Assistente Social

- Lar Espírita Caminho Nazaré

- União Espírita Paz e Caridade


-----------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br


----------------------------------------------------------------------- 

Idosos caem na folia...‏

Texto: Camila Graziela
Marchinhas, máscaras, serpentinas e confetes deram o tom dos bailes de carnaval promovidos especialmente para idosos assistidos. As folias foram promovidas na sexta-feira (5), para usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Etemp, e para integrantes do Centro de Convivência do Idoso (CCI). Na quinta-feira (4), a festa reuniu foliões na unidade do Cras no bairro Umuarama. 

Lívia Rodrigues Restofe, assistente social responsável pelo Cras no bairro Umuarama, diz que o grupo é muito ativo e participativo, e que a festividade é um momento de troca de experiências e de interação. “Nosso grupo cresceu muito, tanto que precisamos dividi-lo em três. Isso é muito gratificante, porque mostra que nosso trabalho tem dado certo”.


Para Maria Aparecida Zanrre, de 72 anos, o idoso tem que se movimentar. “Na nossa idade não podemos ficar parados. Aqui, no Cras, a gente permanece sempre ativa, e isso é muito bom para nós”. Telma Aparecida Nelis, 60, garantiu que sua vida é outra depois que passou a frequentar a unidade. “Minha vida mudou muito depois que vim pra cá. O Cras é tudo para mim”.

O artigo 3.º da Lei n.º 10.741/2003 (Estatuto do Idoso) predispõe que é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.



Nesse sentido, a secretária municipal de Assistência Social, Marta Dourado, destaca que “Araçatuba tem feito a lição de casa, no que diz respeito à garantia de direitos”. Idosos possuem os serviços ofertados pelo próprio CCI e pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, desenvolvido nas unidades do Cras. A iniciativa é da Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).

-----------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br

----------------------------------------------------------------------- 

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Água mineral é doada a entidades no período mais quente do ano

Texto e foto: Camila Graziela

Horas depois do dia mais quente de 2016 (quarta-feira, 3), milhares de litros de água mineral foram distribuídos pela Prefeitura de Araçatuba a representantes de dez entidades assistenciais da cidade.

O Fundo Social de Solidariedade recebeu doação de 2200 litros de água mineral potável, arrecadados durante campanha da Igreja Evangelho Quadrangular e Projeto Bem Estar para enviar à cidade de Mariana, MG. Segundo o fisioterapeuta Maurício Rufino Barbosa, a comissão organizadora destinou 10% dos 22 mil litros recebidos. “Por isso, fizemos a doação ao Fundo Social, para distribuir às entidades sociais”, explicou Barbosa.


Dez instituições foram beneficiadas: Arca, Aadefa, União Espírita Paz e Caridade, Instituto para Cegos Santa Luzia, Acrepom, Lar da Velhice, Casa Bom Samaritano Manolo Garcia, Associação Beneficente João Arlindo, Asilo São Vicente e Albergue Noturno. Para Olavo Antônio de Souza, representante do Instituto para Cegos Santa Luzia, a doação veio em boa hora. “A nossa água mineral já tinha acabado. Graças a esta doação, ficaremos abastecidos por um bom tempo e, com isso, vamos economizar”.


A presidente do Fundo Social, Renata Massano, disse que toda doação é bem-vinda, principalmente nesse período. “No começo de ano, as doações são escassas. Por isso, as entidades foram escolhidas conforme o maior número de pessoas atendidas”. As entregas ocorreram na quinta-feira (4), na sede do Fundo Social.
  -----------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br
----------------------------------------------------------------------- 

Centro Pop reinseriu 42 pessoas no mercado de trabalho desde 2014‏

Desde que foi implantado em Araçatuba, há quase dois anos, o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) reinseriu 42 pessoas no mercado de trabalho. “A grande maioria foi para o setor da construção civil, para atuar como servente. Usinas da região também são outros destinos deles, além de prestadoras de serviço, com o objetivo de reconstruir a vida”, diz a coordenadora técnica Jucielly Moreira.

A profissional explica que é feita uma triagem para avaliar o perfil da pessoa. “Se ela tem condições de ser reinserida no mercado de trabalho, é encaminhada à Casa de Acolhimento, onde poderá permanecer por até seis meses. Desde que foram iniciados os trabalhos do Centro Pop, 42 atendidos foram realocados. Isso é muito gratificante, porque mostra que estamos no caminho certo, pois muitos deles precisam apenas de uma oportunidade para sair da situação de rua”.


Rosemar Ferreira de Andrade, de 57 anos, natural de Presidente Epitácio, é uma das 42 pessoas reinseridas. "Fui para Três Lagoas (MS) em busca de trabalho, mas não consegui nada por lá. Foi então que eu soube que Araçatuba estava empregando na minha área de trabalho, a construção civil. Como não consegui nada, perambulei por algumas noites nas ruas e descobri o Centro Pop. Graças a esse apoio, estou acolhido, tenho serviço e moradia. Sou muito grato a Deus e à equipe, que nos acolheu com muito carinho, respeito, e não mede esforços para nos ajudar", relata Andrade. Há três meses, ele está trabalhando em uma subestação de energia elétrica. 

"O Centro Pop foi uma porta para me reintegrar na sociedade. Hoje, moro na casa de acolhimento da Acrepom (Associação de Catadores de Papel, Papelão e de Materiais Recicláveis de Araçatuba), e consegui um emprego, tudo graças ao que a Prefeitura e a Assistência Social fazem por nós. Eu nunca vi em outra cidade uma assistência social tão acolhedora e cheia de oportunidades. Araçatuba é como coração de mãe, só não sai desta vida de rua quem não quer", diz Tiago Otacílio dos Santos Almeida, de 31 anos. 

Ele é natural de José Bonifácio e veio para Araçatuba, em 2010, morar com a então companheira, com quem tem uma filha de três anos. "Devido ao meu vício, a gente se separou, e foi então que eu passei a viver nas ruas. Fiquei nesta vida por um ano até conhecer o Cento Pop. Atualmente, tenho três objetivos: atingir estabilidade profissional e financeira, constituir uma família e possuir a casa própria", declarou. Almeida atua profissionalmente como auxiliar de produção em uma empresa de artes visuais.
COTIDIANO

Segundo Jucielly Moreira, cerca de 150 pessoas vivem em situação de rua na cidade, e os locais com maior incidência são nas proximidades da rodoviária e praças públicas. Ela explica que o Centro Pop possui serviço de abordagem social, que faz monitoramentos desses setores.Uma dupla de profissionais (educador social e técnico) percorre a cidade e informa sobre os serviços, convidando-as para conhecer o Centro Pop, que também atende denúncias 24 horas: 99751.0172. Aproximadamente 85 pessoas são atendidas por dia. 
O equipamento oferece diversos serviços gratuitos, como café da manhã, banho, acesso à lavanderia, local para guardar pertences, kit de higiene e proteção térmica (agasalho e cobertor), passagens rodoviárias e refeição no Restaurante Popular. Também são feitos encaminhamentos para INSS, inclusão ou atualização no Cadastro Único (concessão de benefícios assistenciais do Programa Bolsa Família), tratamento de saúde, albergue e oferecidos serviços de elaboração de currículos e viabilização de documentos, dentre outros necessários. 
A unidade dispõe ainda de atividades laborativas, com terapeuta ocupacional e atendimentos com profissionais especializados em psicologia e serviço social. Durante as oficinas socioeducativas (laborativas e de terapia ocupacional), por exemplo, usuários elaboram diversos tipos de artesanato, como artigos de MDF, decoupagem, crochê, além da recreação com jogos interativos, que estimulam a concentração e a memória. 
Para Fábio Luiz Sasaki Cipriano, de 28 anos, natural de Araçatuba, o “Centro Pop é um ambiente muito útil e agradável, onde é possível se sentir produtivo. Ter o local como referência me faz considerar que podemos ter um bom recomeço”. 
Opinião semelhante tem Jailson da Silva Santos, 20, natural do estado de Piauí. “O Centro Pop é uma área de apoio, um grande trabalho realizado pelos responsáveis. Esse lugar traz esperança de mudanças para nós, por isso considero nota dez, um ambiente excelente. Sempre será referência do trabalho com carinho e amor realizado por todos os funcionários, incentivando o recomeço”.

Para implantação da unidade foi criada uma rede de assistência social que presta atendimento a moradores de rua. Ela é composta pelo Albergue Municipal, localizado na vila Mendonça; Casa de Acolhimento, no jardim Alvorada; e o Restaurante Popular Alice da Silva Prates. Centro Pop é gerido pela Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). 
CENTRO POP

Estruturado na cidade em 2014, o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua tem como objetivo prestar atendimentos a jovens, adultos, idosos e famílias que utilizam as ruas como espaço de moradia ou sobrevivência. O equipamento deve possibilitar condições de acolhimento na rede socioassistencial, de forma a contribuir para a construção ou reconstrução de novas formas de vida, respeitando a autonomia e o direito de escolha dos usuários, bem como promover ações para reinserção familiar e/ou comunitária. Localizado na rua São Paulo, 1090, no jardim Sumaré, Centro Pop funciona das 8h às 17h.
 -----------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3607-6500
www.aracatuba.sp.gov.br
----------------------------------------------------------------------- 


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Cras central promove carnaval para idosos

Com a chegada do carnaval, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no centro da cidade, promoveu para idosos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) uma manhã de folia na terça-feira (2), com direito a marchinhas e muita animação. A iniciativa foi da Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). 

O educador físico Leonardo Alves, do Centro de Convivência do Idoso (CCI), esteve no local para preparar os foliões. Alongamento e aeróbica para trabalhar os movimentos corporais – membros superiores, inferiores, quadril, tronco, respiração, coordenação motora e flexibilidade – fizeram parte da preparação. Depois disso, eles se ‘jogaram’ no salão e caíram na folia. O local estava devidamente enfeitado.


Segundo a assistente social responsável, Grasiele Dellazeri de Carvalho, a empolgação dos idosos com o baile de carnaval foi unânime. “Eles ficaram maravilhados quando chegaram aqui e souberam da festividade. Além de comemorar a data, essas ações auxiliam significativamente na elevação da autoestima deles”.


Dentre os foliões, dona Maria Rosalina Marques Soares, de 62 anos, se destacou pela animação. Ela diz que sempre gostou de carnaval. “Isso aqui tá bom demais. Eu sempre fui apaixonada por carnaval. Inclusive, desfilava em escola de samba na cidade de Santos, e já desfilei aqui também. Reviver isso hoje fez matar saudade de bons tempos. Só tenho a agradecer ao pessoal do Cras por nos proporcionar momentos maravilhosos como o de hoje”. 

CRAS CENTRAL 
Criada no Município em 2012, a unidade do Cras no centro de Araçatuba desenvolve diversas ações para a comunidade, promovendo a concretização dos direitos constitucionais e fortalecimentos de vínculos afetivos, relacionais e comunitários. Tem como principais ações o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, para idosos e Serviço de Proteção Social Básica, em domicílio, para pessoas com deficiências. Cerca de 360 famílias são atendidas mensalmente, na rua 15 de Novembro, 275, das 8h às 17h.
------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3636-1260
www.aracatuba.sp.gov.br

-----------------------------------------------------------------------

Anteprojeto de lei do Sistema Único de Assistência Social muda paradigma na política pública

Texto: Camila Graziela

A prestação de contas por meio de audiências públicas é uma das formas mais eficazes de democratizar as informações do governo à população. A Prefeitura de Araçatuba promove constantemente este tipo de evento, em que faz um balanço completo das atividades e se aproxima mais da população, para ouvir críticas e sugestões.



Nesse contexto, a Secretaria de Assistência Social promoveu audiência pública na Câmara de Vereadores para apresentar anteprojeto de lei municipal do SUAS (Sistema Único de Assistência Social). A secretária Marta Dourado e colaboradores da pasta coordenaram os trabalhos, com presenças da vereadora Durvalina Garcia, integrantes de conselhos (Comas - Conselho Municipal de Assistência Social e Fundo Municipal de Assistência Social) e demais cidadãos.


Segundo Marta Dourado, o anteprojeto foi elaborado na Secretaria de Assistência Social entre coordenadores dos programas vinculados à pasta. Posteriormente, uma comissão formatou o documento conforme preconizam a Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS - Lei 8.742, de 1993) e SUAS, que materializa o conteúdo da Lei Orgânica. Após esta etapa, o anteprojeto recebeu parecer do Comas. A secretária ressalta que não houve qualquer alteração.




“O anteprojeto será encaminhado à Câmara Municipal. Com isso, Araçatuba inova com duas importantes leis: a Lei de Benefícios Eventuais, que já foi aprovada e, agora, a Lei Municipal do SUAS. O MDS (Ministério de Desenvolvimento Social) preconiza que cada Município tenha a própria Lei do SUAS. Isso muda o paradigma da assistência social na cidade, passando de política assistencialista para política de direitos, subsidiada por ofertas de serviços de qualidade. O prefeito Cido Sério deixa um legado histórico e transformador, em relação à igualdade de direitos e à qualidade de vida das pessoas, para o próximo prefeito”, destaca a secretária.

Em dezembro de 2014 foi aprovada a Lei Municipal n.º 7.690, de Benefícios Eventuais, que objetiva regular a previsão desses benefícios, estabelecendo suas caracterizações, princípios, conteúdos, significados e responsabilidades, no âmbito da gestão de Política de Assistência Social. A audiência pública do SUAS foi realizada na noite de 29 de janeiro.


------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3636-1260
www.aracatuba.sp.gov.br

-----------------------------------------------------------------------

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Casa Abrigo: jovem comemora aniversário fora da unidade, com presença de amigos‏

Texto e foto: Camila Graziela
Adolescentes que moram nas unidades da Casa Abrigo (masculina e feminina) vivenciaram atividade diferenciada, na tarde de segunda-feira (1), em um estabelecimento com jogo de boliche. O motivo: comemorar o aniversário de um deles. 

A coordenadora da Casa Abrigo Masculina, Elaine Jorge Honório, destacou que a ação fora do ambiente da casa tem por objetivo proporcionar o fortalecimento de vínculos dos adolescentes com a comunidade, além de também retomar o contato com amigos. “Por isso, foi feito convite para que amigos estivessem presentes, no momento da comemoração. Aproximar e fazer com que eles tenham o máximo possível de uma rotina de vida convencional é o nosso maior objetivo, enquanto tutores deles”.


O jovem aniversariante que completou 17 anos chegou à unidade há um mês, após ficar dois dias morando nas ruas, depois de ter sido expulso de casa pelo padrasto. “Estar na Casa Abrigo está sendo melhor do que a vida que eu tinha antes, porque agora eu tenho pessoas que se importam comigo de verdade. Antes, eu não tinha”, declarou. Ele disse ainda que após concluir o ensino médio, pretende fazer faculdade de direito. “Eu quero dar a volta por cima, mostrar que tudo o que eu passei foi motivo para me fazer mais forte”, comentou o jovem, emocionado.

 SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL 
Acolher e dar oportunidades a adolescentes com idade entre 12 e 18 anos em situação de vulnerabilidade social. Esses são os objetivos da Casa Abrigo, que a Prefeitura de Araçatuba mantém por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social. Atualmente, as duas unidades acolhem cinco menores 
O Serviço de Acolhimento Institucional (adolescentes de ambos os sexos) foi criado em 1993 para atender menores em situação de risco, de abandono ou que tiveram direitos violados, encaminhados pelo Poder Judiciário. A partir de 2009, o programa foi dividido em duas unidades. 
Os locais oferecem atendimento integral, apoio escolar, cursos, oficinas e atividades esportivas, culturais e de lazer. A unidade feminina está localizada no bairro Dona Amélia e a unidade masculina funciona no jardim Ipanema.

------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS
Prefeitura Municipal de Araçatuba – PMA
(18) 3636-1260
www.aracatuba.sp.gov.br
-----------------------------------------------------------------------